Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Sugestão de Leitura

No livro de Chico Alencar, "A semente do Nicolau: um conto de Natal", o velho Nicolau, que representa a figura tradicional do Papai Noel, conta a sua história de dezesseis séculos para Bié e Lulu. E fala de suas dificuldades hoje, quando algumas crianças só querem consumir e outras sequer têm chance de aprender a escrever. Ele conta sua história e diz que o importante é preservar o real sentido da festa natalina. Fala sobre a distribuição de presentes, o desequilíbrio entre o consumismo exagerado e as pessoas carentes.


Uma história sobre quem acredita na generosidade e quem não perde a esperança nas possibilidades de um mundo de trabalho, justiça, alegria e paz. Uma bola mal chutada, um vaso quebrado e a semente de uma grande amizade germinando...
Depois, os três inventam um jeito de presentear todo mundo, ensinando que o melhor brinquedo é o que se constrói com amor e criatividade. No caminho, encontram o presente maior: a presença de um novo ser humano, recém-nascido.

"A semente do Nicolau: um conto de Natal" é um dos diversos livros infanto-juvenis escrito por Chico Alencar. O autor também escreveu "Passarinhos e gaviões: uma fábula da democracia". Se ainda não conhece esses livros, corra para a Rocambole e encante-se!

Classificação etária: A partir dos 05 anos ( Verde - 397 ).


Nenhum comentário:

Postar um comentário