Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


quarta-feira, 13 de junho de 2018

Hora do Conto

No dia 12 de junho, tivemos a Hora do Conto, com a participação dos alunos da E.M. Prof. Nilton São Tiago. A história escolhida foi "Eugênio, o gênio!", de Ruth Rocha, seguida de oficina criativa a partir da temática da história.


Eugênio, o gênio, era um burrinho muito esperto. Estudioso, sabia várias línguas.
Ou seja, não era burro, não. Era, ao contrário, até genial. Mas tinha um defeito: tinha um gênio terrível... Na verdade, Eugênio era muito parecido com os meninos mimados. Quando a gente menos esperava, ele empacava. E só desempacava depois de muitos pedidos do papai e da mamãe.
Um dia, na pracinha da floresta, houve o Grande Concurso de Perguntas e Respostas. Todo mundo achava que Eugênio ia ganhar se não empacasse. Mas será que ele ia conseguir deixar de lado esse hábito besta e responder, sem enrolar, tudo o que sabia?





Após a contação, as crianças se divertiram com as brincadeiras e puderam soltar a imaginação e a criatividade com imitações de animais da floresta.  Riram bastante com as brincadeiras de encaixar o rabo do burrinho Eugênio, com os olhos fechados.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Um pouco dos grandes autores

Criador de mais de 30 livros para jovens e crianças e que viaja o país todo para falar sobre literatura, poesia e culinária vegana, o autor deste mês é escritor, educador, contador de histórias, cozinheiro e poeta. Estamos falando de César Obeid! Com mais de 20 anos de experiência como palestrante e comunicador na área das artes, César é conhecido pela capacidade de interação com o público e bom humor em suas apresentações.


César Obeid nasceu na capital paulista no ano de 1974. Cresceu em uma casa em frente a uma grande praça. Lá, ele corria muito, empinava pipas, subia em árvores e aprendeu a andar de bicicleta.

Quando tinha 21 anos começou a estudar dramaturgia e ficou encantado com o jeito de contar histórias por meio de ações e diálogos. Escreveu diversas peças e algumas delas foram encenadas. Tornou-se contador de histórias, educador e escritor de livros infantojuvenis. Alguns dos seus livros foram premiados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ. Autor de inúmeros cordéis para todas as faixas etárias, César ministra cursos de cordel para educadores e para o público em geral.
Hoje em dia, ele escreve matérias e artigos para jornais e revistas, como também participa de gravações de programas de televisão e rádio sobre leitura, literatura, poesia e cultura popular, além de ler bastante e pesquisar os temas para os próximos livros.


Querem conhecer algumas de suas obras?  Corram para Biblioteca Rocambole e encantem-se!

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Hora do Conto

Na tarde do dia 30 de maio, tivemos Hora do Conto e Exploração do Acervo da Rocambole com os alunos da Casa Escola Colmeia Encantada, que passaram uma linda tarde conosco. Os alunos ouviram a história "Max, o Corajoso", de Ed Vere, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole


Max é um gato muito corajoso. É por isso que ele odeia quando as pessoas o chamam de "gracinha" ou amarram um laço no pescoço dele - afinal, uma fita cor-de-rosa não cai bem para um gato que não tem medo de nada! Então, para provar a sua braveza, Max decide virar um grande caçador de ratos. Mas o único detalhe é que, na verdade, ele nunca fez isso, e agora vai ter de descobrir o que é um rato antes de começar a sua caçada.




Após a contação, as crianças aproveitaram o momento de exploração na Rocambole e conheceram outros livros, além de se divertirem com os jogos e fantoches que também fazem parte do acervo da Biblioteca.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Hora do Conto

Na tarde do dia 23 de maio, tivemos Hora do Conto e Exploração do Acervo da Rocambole com os alunos do Educandário Terra Santa, que passaram uma linda tarde conosco. Os alunos ouviram a história "Os desejos de Nina", de Gilles Eduar, seguida da exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.


Todos aqueles que já acompanharam as crianças em um passeio se divertem com este livro. É sempre um tal de 'quero este' pra cá, 'quero aquele' pra lá, que até os mais pacientes podem chegar a ficar um pouquinho irritados. Heitor faz de tudo para agradar Nina, e Nina não se contenta com qualquer mimo. Tem que ser a coroa com um sol e duas luas, o peixe-gato, a flor azul com bolinhas douradas... Nesta história, as crianças acompanharam Heitor e Nina em seu passeio e ajudaram o pobre Heitor a encontrar todos os pedidos da gatinha exigente.




Após a contação, aproveitaram ainda o momento de exploração na Rocambole e conheceram outros livros, além de se divertirem com os jogos e fantoches que também fazem parte do acervo da Biblioteca.