Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Hora do Conto

A Hora do Conto de ontem, dia 16 de novembro, aconteceu com a participação dos alunos do CEI N. S. da Glória. O livro selecionado foi "Chapeuzinho Vermelho e o arco-íris", de Marcia Muraco Schobesberger.



Chapeuzinho Vermelho é uma história que muitos conhecem e amam. Mas, e se ao invés de uma Chapeuzinho fossem várias? Essa foi a ideia da autora e deu muito certo. Conforme o aparecimento das Chapeuzinhos, as crianças relacionavam as cores dos chapéus delas com os objetos que conheciam e que eram da mesma cor.

Depois da contação, na Biblioteca Rocambole, elas criaram suas Chapeuzinhos em formato de dedoche. Vejam que legal!




quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Hora do Conto

No dia 14 de novembro os alunos do Educandário Terra Santa estiveram na Biblioteca Rocambole. Participaram da Hora do Conto seguida de exploração do acervo. Nessa tarde, o livro utilizado foi "A princesinha medrosa", de Odilon Moraes.


A princesinha tinha todos os seus desejos realizados, mas mesmo assim vivia infeliz. O medo não permitia que ela aproveitasse as coisas mais simples da vida, como ouvir o canto das estrelas. Por causa do seu medo do escuro, até o sol passou a brilhar dia e noite!

Após a contação da história, as crianças deixaram seus medos de lado e aproveitaram a tarde com os jogos, livros, fantoches e brinquedos que fazem parte do acervo da Rocambole.



terça-feira, 14 de novembro de 2017

Sugestão de Leitura




Dona Sofia é uma professora aposentada que adora poemas. Para que pudesse reler seus poemas preferidos ela teve uma ideia genial. E não é que a paixão pela leitura de Dona Sofia contagiou todos na sua cidade!


Se ainda não conhece a adorável Dona Sofia corra para Rocambole e encante-se!


Classificação etária: a partir de 5 anos ( verde - 56 )

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Um pouco dos Grandes autores

Para você o que é um livro? Para André Neves um livro é um corpo: olho, orelha, rosto e miolo. Engraçado, não é? Vamos conhecê-lo um pouco?


André nasceu em Recife. Formado em relações públicas começou a estudar artes plásticas em 1995. Além de escritor, André também é um grande ilustrador.

Quase impossível não se encantar com suas ilustrações. Até mesmo porque ele busca  por meios das imagens despertar no leitor os mais diversos sentimentos. Sua infância já foi inspirações para vários livros. Aliás, foi na infância que surgiu o interesse pela leitura. Sua avó era uma grande leitora.

Segundo André, seus textos demoram a ficar prontos porque vai retrabalhando o texto de acordo com a ilustração. O primeiro livro que escreveu foi "A caligrafia de Dona Sofia". A personagem principal, Dona Sofia, foi inspirado na sua professora de pintura.

Caso deseje conhecer Dona Sofia venha à Rocambole, esse livro faz parte do nosso acervo!

Até próxima!

Tchau Tchau!