Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Hora do Conto

Nos dias 15 e 16 de agosto os alunos da Escola Municipal Soroptimista e da Escola Municipal Professor Josemar Contage participaram da Hora do Conto seguida de exploração do acervo da Rocambole.


Coisa boa é ter amigos. A Centopeia sabia que tinha amigos, mas não imaginava que eram tão especiais. Com a ajuda de seus amigos ela fez coisas que pareciam impossíveis. Vocês sabem que coisas foram essas?

As crianças de ambas as escolas descobriram os feitos da Centopeia sonhadora. Após a contação da história, conheceram outros livros do nosso acervo.


E. M. Soroptimista


E. M. Prof. Josemar Contage



terça-feira, 15 de agosto de 2017

Um pouco dos grandes autores

Quem conheceu Lúcia, a lesma vaidosa que sempre chegava atrasada nas festas, vai gostar de conhecer um pouco mais sobre a história de Maria Heloísa Penteado. Ela é a autora e ilustradora dos livros "Lúcia Já-Vou-Indo" e "Reino perdido de Beleléu", aquele reino para onde vai aquilo que perdemos.


Maria Heloísa Penteado nasceu em Araraquara, São Paulo. Era professora e lecionava nas escolas públicas de São Paulo.

A paixão pelas histórias começou quando ainda era criança. Contava para seus irmãos e amigos e, mais tarde, também para os sobrinhos.

Ao longo da sua carreira, Maria Heloísa publicou 40 livros e colecionou muitos prêmios. Entre eles, encontramos os prêmios FNLIJ, Jabuti, Monteiro Lobato e Adolfo Aizen.

Faleceu em 2014, aos 95 anos.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Hora do Conto

A Hora do Conto do mês de agosto começou com a participação dos alunos do Educandário Terra Santa. A obra escolhida foi "Volpi", de Nereide Santa Rosa.



O livro aborda a trajetória desse ilustre pintor desde a sua infância. Relata os acontecimentos marcantes de sua vida, assim como as dificuldades enfrentadas para realizar seu grande sonho.

Após a história,  as crianças participaram de uma oficina de pintura. Foi uma tarde muito divertida na Biblioteca Rocambole!





terça-feira, 8 de agosto de 2017

Sugestão de Leitura para o dia dos Pais

Todos conhecem uma pessoa que faz tudo pela nossa felicidade, certo?

É bem verdade que às vezes ela trabalha demais, mas uma coisa é certa: o pensamento dela está sempre em você. O motivo disso é simples, ela te ama e deseja que suas experiências sejam as melhores possíveis.

No dia dos pais, leia, com seu pai ou com a pessoa que faz tudo pela sua felicidade, o livro "Meu pai é o máximo", de Anna Claudia Ramos.



Classificação etária: a partir de 5 anos ( verde - 114 ).