Olá, pessoal!

Sejam bem-vindos ao Blog da Biblioteca Infantil do Museu Imperial: a ROCAMBOLE! Estou muito alegre e orgulhoso em apresentar para vocês este espaço cheio de novidades. Meu nome é Rocambole, o mesmo do meu bisavô, um importante cachorro que viveu bem antigamente. Sabem por quê? Já conto! Meu bisavô Rocambole foi cachorro de estimação da princesa Isabel e com ela viveu bons e animados momentos. Nas histórias de minha família se conta que o que ele mais gostava era ouvir a princesa tocar piano e ficar ao seu lado enquanto ela lia. E como a princesa gostava de ler! Lia tanto que até meu bisavô passou a admirar as histórias dos livros dela.

Como meu bisavô, eu também gosto muito de ouvir histórias. Com elas posso conhecer vários lugares, animais e pessoas diferentes, aprender coisas novas, me divertir... Quando leio ou ouço uma história é como se eu estivesse fazendo uma interessante viagem. E é por isso que estou aqui para apresentar este Blog a vocês e convidá-los a participar das atividades da Biblioteca Rocambole, lugar onde todos também poderão fazer “viagens” encantadoras. Neste espaço vocês ficarão por dentro da programação da Rocambole, terão dicas de livros e autores interessantes, poderão trazer sugestões para a nossa Biblioteca, entre muitas outras atividades. Estarei sempre por aqui para contar as novidades da Rocambole e espero encontrar todos vocês muitas e muitas vezes.


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Hora do Conto

No dia 01 de dezembro foi a vez dos alunos do CEI Nossa Senhora da Glória conhecerem a história "Uma gota de mágica", de Ana Maria Machado e Claudius.


Os alunos se envolveram na história. Buscaram descobrir o que fazia a bolinha da Joana brilhar tanto a ponto de se parecer com a lua. Perguntaram o que ela carregava na cabeça. Essa perguntou, foi oportuna para conversar sobre a falta de água e que nem todas as pessoas possuem água encanada em suas casas.

Após a contação da história, as crianças conheceram outros livros que fazem parte do nosso acervo.



sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Hora do Conto

Ontem, dia 30 de novembro, os alunos do Centro Educacional Sucesso do Saber estiveram na Rocambole. A história desse dia foi "O chapéu maravilhoso de Mila", de Satoshi Kitamura e tradução de Luiz Antônio Aguiar.


Mila estava indo para casa quando vê em uma vitrine um chapéu encantador. Ela entra e pergunta ao atendente quanto custava o chapéu. Apesar de não ter dinheiro para levar o chapéu que desejava, mesmo assim, Mila saiu da loja com algo mágico na cabeça.  

Após a aventura guiada pelos maravilhosos chapéus de Mila, as crianças falaram qual chapéu elas gostariam de usar. Teve até chapéu de pirâmide! Depois, os alunos participaram de um oficina de brinquedo.



quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Hora do Conto

O dia 28  de novembro foi reservado para falar de imaginação. Nessa tarde, os nossos companheiros foram os alunos do Educandário Terra Santa.


A história utilizada foi "Uma gota de mágica", de Ana Maria Machado e Claudius. A magia da história está em torno de Joana, uma menina que sempre vai à bica buscar água. Numa dessas idas, Joana encontra uma bola de gude. Mas, quando guarda na gaveta a bola, ela começa a brilhar como se fosse uma lua. Nesse momento, a imaginação cria asas.

Em seguida, as crianças conheceram a Biblioteca Rocambole. Nela, brincaram, conheceram outros livros que fazem parte do seu acervo e divertiram-se com jogos e brinquedos.


                                                    Educandário Terra Santa

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Hora do Conto

No dia 23 de novembro, a Hora do Conto seguida de oficina criativa foi realizada com os alunos do Educandário Terra Santa. A história dessa tarde foi "O colecionador de pedras", de Prisca Agustoni com ilustrações de André Neves.


O livro narra um pouco da vida de Ambaye, um menino jovem e muito sábio. Desde de pequeno, Ambaye aprendeu com os mais velhos que as mais lindas joias são invisíveis, como a amizade, a paciência e a arte da escuta. Mas, se tinha algo que Ambaye gostava eram as pedras. Devido a isso, na oficina criativa as crianças ilustraram com tinta guache uma pedra feita de biscuit! Nem precisa dizer o quanto elas amaram.